Tribunal inocenta Lula no caso tríplex do Guarujá SP

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) emitiu “Alvará de Penhora” do famigerado tríplex de Guarujá (SP) que prova a inocência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A informação é do jornalista Mino Pedrosa, do site Quidnovi.

 A decisão da juíza da 2ª Vara de Execução e Títulos no Distrito Federal, Luciana Torres de Oliveira, chancela a empreiteira OAS EMPREENDIMENTOS como proprietária do polêmico tríplex.

“A decisão da juíza contradiz frontalmente a força tarefa da operação Lava Jato. O nó da forca que apertava o pescoço do ex-presidente Lula no julgamento do dia 24 de janeiro pode afrouxar e livrá-lo do cadafalso”, escreve o periodista.

O site Quidnovi afirma que os advogados do ex-presidente apresentaram ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) documentos referentes a penhora do apartamento tríplex do Guarujá em nome da empreiteira OAS EMPREENDIMENTOS.

“A juíza Luciana Torres de Oliveira, que determinou a penhora de quatro apartamentos, entre eles, o tríplex, expediu alvará confirmando que a verdadeira proprietária do imóvel é a empreiteira OAS”, confirma Mino Pedrosa.

Portanto, caiu a farsa do julgamento no TRF-4 em Porto Alegre. Resta agora os desembargadores suspender a tramoia, isto é, se resistirem à pressão da Globo.

Powered by Facebook Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *